terça-feira, 8 de março de 2011

Mulher... Um ser sem obstáculos...




Quando pequena, o salto alto enorme de sua mãe em relação a seus pés não é obstáluco.
A função de cuidar de todas as suas bonecas, vesti-las e penteá-las também não são obstáculos.
Brincar de casinha com as irmãs, primas ou amigas também não é obstáculo, mesmo quando tem que fazer o papel de marido.
Ir pra escola no primeiro dia e ver os olhos saudosos da mãe pela janela não é obstáculo.
A primeira amiga confidente, o primeiro namoradinho, o primeiro beijo... Para mulher isso não é obstáculo.
A primeira menstruação, os hormônios reagindo no corpo, a adolescência... Para mulher isso não é obstáculo.
O primeiro término, a primeira transa, o primeiro porre... Para mulher isso não é obstáculo.
A faculdade, novas amizades, a vida independente... Para mulher isso não é obstáculo.
O namoro sério, o primeiro emprego, o casamento... Para mulher isso não é obstáculo.
O primeiro filho, aquele parente de seu marido chato, a primeira traição sofrida... Para mulher isso não é obstáculo.
A rotina, o trabalho, os filhos crescendo... Para mulher isso não é obstáculo.
A idade, a primeira plástica, a maturidade... Para mulher isso não é obstáculo.
A perda, os cabelos brancos, as memórias de tudo isso acima... Para mulher isso não é obstáculo.
Mulher... Um ser sem obstáculos...

3 comentários:

  1. Apesar de não ter vivido várias coisas descritas aí, o sentido é muito bonito.
    ;-)

    ResponderExcluir
  2. Ahhh eu adorei!!! Já vivi um monte desses obstáculos, superei e agora q venha os demais... pq eu vou detonar tudo! hehehe Afinal, sou mulher né?! ;) Bju =D

    ResponderExcluir
  3. Conclusão: são seres superiores da criação, essas mulheres! heuheuhueh Ótimo texto! :*

    ResponderExcluir